Pages

Ads 468x60px

segunda-feira, 29 de abril de 2013

5

Abertura da Semana – Monk


Monk Monk é um detetive tão talentoso que poderia colocar Sherlock Homes no chinelo, se não fosse pela sua imensa coleção de fobias e manias que nunca o deixam trabalhar direito. Com um alto senso de humor e personagens bem construídos, a série fez um belo sucesso nas suas oito temporadas, e ganhou vários Emmys, incluindo três de melhor ator principal para Tony Shalhoub e de melhor música de abertura de 2002.

Realmente a música é muito boa, assim como o resto da abertura. Ela mostra a rotina matutina de Monk se arrumando para ir trabalhar, com várias referências às suas manias, e o jazz instrumental que usaram para embalar a introdução combinou perfeitamente não só com ela, mas com toda a série em si.

É até engraçado que esta abertura lembra um pouco outra que já apareceu aqui, a da série Dexter. Não sei se é um tipo de padrão corriqueiro em aberturas de séries com personagens peculiares, se foi só coincidência ou “inspiração” mesmo.

Fiquem aí com a ótima abertura da primeira temporada de Monk:



Apesar desta abertura ter feito um grande sucesso, na segunda temporada eles colocaram outra, completamente diferente. Substituíram o vídeo original por cenas tiradas dos episódios, e também trocaram a música premiada por It’s a Jungle Out There, de Randy Newman, que também fez o tema do filme Toy Story .

A segunda abertura:






As opiniões sobre esta mudança ficaram bastante divididas. Quem gostou disse que a letra da música nova tem tudo a ver com Monk e suas paranóias, mas eu já acho que o tema faz mais críticas a problemas ambientais do que a paranóias de alguém com mania de limpeza, e precisa fazer um pouquinho de força para associar a canção com o personagem.

Na verdade eu comecei a assistir o Monk pela segunda temporada, que foi exibida pela tv Record fora de ordem, e só fui assistir a primeira um pouco depois. Apesar de ter visto a abertura de It’s a Jungle Out There primeiro, fiquei encantado com a abertura anterior quando a conheci, e até hoje estou sem saber por que diabos os produtores a trocaram.
Shanora
Outra mudança que eu 
odiei na série: a mudança
 da side-kick do Monk.

Essa abertura nova também levou um Emmy, e foi usada até o final série, só trocando as cenas antigas por outras mais atuais no decorrer das temporadas. A música original foi usada várias vezes dentro dos episódios ou nos encerramentos, e continuou sendo o tema do Monk.

Teve até uma menção às críticas que essa mudança recebeu no episódio Mr. Monk and the TV Star da segunda temporada, onde Monk ganha uma fã, que pede a ele que, se algum dia fizessem uma série sobre ele, nunca deixasse que mudassem a música de abertura do programa.




5 comentários:

  1. Saudades desse maluco! Vou assistir novamente. Pena que a season finale foi o ó.

    ResponderExcluir
  2. adoro até hj, mesmo nunca tendo assistido em ordem rsrsrs mas Monk com certeza é uma das minhas séries favoritas... E dessa vez discordo, prefiro a segunda música tema da série, acho a cara dele ^.^

    ResponderExcluir
  3. Ah sim, nesse eu realmente faço parte da minoria =/

    ResponderExcluir
  4. A parte que começou a subir as letrinhas foi muito boa!

    ResponderExcluir

Obrigado pela participação! =D