Pages

Ads 468x60px

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

4

Sonic CD - Abertura Americana X Japonesa

Sonic CDSonic CD foi recebido com um baita estardalhaço no seu lançamento em 1993. Não era pra menos, afinal, esse foi o primeiro grande jogo do Sega CD, o aparelho que expandia o Mega Drive possibilitando rodar jogos usando a mídia do momento, e ainda trazia o Sonic, um dos maiores ícones daquela geração.

Mas apesar do grande hype, o jogo não era grande coisa, principalmente se comparado aos outros jogos que o Sonic já tinha. Ele é confuso, feito nas coxas e com um dos piores level designs que eu já vi em um jogo de 16-bits da Sega. Para quem não se importa com esses detalhes e se dedica mais a entender o Sonic CD, pode acabar se divertindo bastante com ele, e é por isto que este jogo divide tanto as opiniões dos fãs do ouriço. Alguns dizem que é o pior título dele naquela geração, outros falam que é o melhor de todos os tempos.

Eu só pude conferir ele quando saiu a versão para o Playstation 3. Na época do lançamento, eu, que fui um infeliz não possuidor do Sega CD, e nem consegui a versão para PC que saiu um pouco mais tarde, fiquei só babando nas revistas que videogame, que impulsionadas pelo eba-eba se rasgavam em elogios ao jogo. Entre as várias imagens que tinha, as que mais me chamaram atenção foram as da abertura, que era toda animada.

Somente a alguns anos eu lembrei desta lacuna na minha vida e corri atrás dos vídeos pela internet, e consegui finalmente, ver a tal da abertura animada sobre a qual tanto li nas revistas.

Essa que eu vi foi ripada da versão original de Sega CD, mas a que vou deixar para você ver é a remasterizada em HD, da versão para Playstation 3 e X-box 360.



Quando a vi pela completinha pela primeira vez, a minha reação foi um misto de alegria e frustração. De certeza forma eu estava feliz por conhecer aquela abertura que antes eu só podia imaginar como era, mas o tempo todo fiquei com a impressão que havia algo de errado lá.

Adventures of SonicAs cenas da produção eram muito bem feitas, assim como as animações. Nem preciso dizer que deixavam as do bizonho desenho animado do Sonic, que também estreou em 1993, no chinelo, mas parecia que ela simplesmente não combinava com a música.

Nada contra a música, ela até é bacaninha e acho que serviria muito bem como abertura de algum desenho dos anos 90. O curioso é que o grupo Pastiche, que executou a música é um trio feminino de jazz, não faço ideia de como elas foram parar na abertura de um jogo.

Talvez eu não tenha gostado dela porque toda vez que a cantora falava "Sonic Boom" eu me lembrava de uma das trocentas tirinhas do Guile jogando o ouriço azul quando fazia seu golpe especial.

O que a abertura "Sonic Boom" me lembra

Por isso sempre estranhava quando via pessoas que citavam ela também como uma das melhores aberturas de videogame já feitas. Com certeza quem a viu em 1993 iria se impressionar bastante, pois ainda era o começo dos jogos em CD e aberturas animadas era novidade, ainda não tinha aquele monte de aberturas fodolentas no Playstation One.

Acontece que Sonic Boom foi composta exclusivamente para a versão norte-americana do jogo. A original se chama You Can do Anything, é baseada em uma das músicas de Sonic the Hedgehog 2 para o Master System, mas com o vocal delicioso de Keiko Utoku, num inglês tão certinho que nem dá pra perceber que ela é japonesa.


Com essa música a abertura de Sonic CD faz sentido, tudo se encaixa perfeitamente, e aí sim, dá pra dizer que ela está em as melhores aberturas de games de todos os tempos.

É claro que gosto é que nem aquele buraquinho, e tem quem prefere a versão americana, e não vejo necessidade nenhuma de ficar discutindo qual é a melhor. A realidade é que as duas são ótimas composições, eu gostei mais da versão japonesa porque ela se encaixa melhor com a animação apresentada, tem aquela cara de "música do Sonic" como podemos conferir também em vários outros temas como City Escape, A New Day, e todas as outras boas músicas da série que enchem o coração do jogador de alegria e de imediato o arremessa para o mundo do Sonic.

Keiko Utoku - A Cantora de Keiko Utoku ainda mandou ver mais uma vez nesse jogo, com a música de encerramento chamada Cosmic Eternity - Believe In Yourself, enquanto a versão americana só tem um remix de Sonic Boom mesmo.

No relançamento do jogo de 2011 tem a opção de selecionar qual trilha sonora quer ouvir durante a jogatina, a americana ou a japonesa. Estranhamente a música da abertura japonesa é só instrumental, o que foi uma baita decepção para mim quando comprei a minha cópia.

E eu também fui dar uma conferida no trampo da Keiko Utoku. Ela já participou de um trio  pop  chamado Mi-Ke e hoje segue carreira solo. É dessas cantoras de segundo escalão que apesar de não fazer sucesso expressivo, tem seu público fiel. Tem pouco material na net mas gostei do que encontrei. Ficou curioso? Confere um sonzinho dela em japonês aí:


Procurei pela Pastiche também e não encontrei muita informação. Parece que é um conjunto de aluguel da Inglaterra, hoje toca em eventos como convenções, casamentos, velórios e onde mais forem chamadas. Mas já fizeram trilha sonora para vários filmes e séries, e também regravaram Sonic Boom em 2011 para o Sonic Generations, jogo de comemoração dos 20 anos dos personagem. Essa versão mais cheia de suingue foi usada no encerramento, e ficou bem mais apropriado. Como eu disse, não é que a música seja ruim, só achei que ela não estava no lugar certo.


É claro que tudo o que eu escrevi aqui é a minha opinião, e você pode deixar a sua votando na enquete abaixo e complementando nos comentários!






4 comentários:

  1. Muito bom o Post! e digo que a abertura japonesa é bem mais animada!

    ResponderExcluir
  2. Pra mim as duas versões tem lugares no meu coração! Até
    porque, a primeira que eu escutei na vida foi a versão Americana (Me acostumei
    de mais com ela só de tanto jogar o jogo), e muito tempo depois eu vi a versão
    Japonesa tocada num vídeo remasterizado no extra do Sonic JAM do SEGA Saturn
    (Sim a versão remasterizada desse video com a musica japonesa também tem no
    Sonic JAM, mas esse que você postou com a musica americana pra mim é novidade).

    Agora esses vídeos aí tem uma qualidade realmente bem superiores a versão do
    MEGA/SEGA CD, basta ver as originais para sentir na pele a diferença.

    Outra coisa que eu lembrei de um coisa pouco a ver, é que um amigo tinha me
    dito (Me enchido a porra do saco) que o Lunar The SIlver Star Story era
    considerado o jogo com as cenas mais belas em Anime já criadas pra um jogo de
    Video Game da época, só que, se você for analisar a fundo isso, vai perceber uma
    pequena diferença entre os "vídeos" do Lunar e os vídeos do Sonic CD:
    No jogo do Sonic CD realmente é um arquivo de vídeo, enquanto que no Lunar, são
    “somente” quadros de imagens que fazem a seqüência assim como GIF's animados...
    PopFullMail (CD SEGA) segue o mesmo esquema do Lunar... Mas qual a diferença?
    no caso do Lunar e do PFM, a qualidade das imagens são mais limpas.

    ResponderExcluir
  3. OPA blz? Cara antes de tudo Parabéns pelo seu canal muito bom, poucos vao tão a fundo nas pesquisas igual vc!! e vo aproveitar e deixar um pedido para vc: Road Rash adoro esse jogo hj ando de moto devido esse jogo, tem como fazer um video sobre a historia do jogo e se havera alguma continuação? vlw

    ResponderExcluir
  4. Sonic CD foi o primeiro jogo que joguei, tinha uns 4 anos de idade.

    ResponderExcluir

Obrigado pela participação! =D